NADA PODE TE PARAR

Campanha de conscientização sobre a Osteoporose

 

A conscientização dos cuidados com a Osteoporose é fundamental para que todos entendam a importância de manter a saúde dos ossos, e conversar com seu médico sobre as opções mais efetivas de prevenção e tratamento dessa doença. Afinal, NADA PODE TE PARAR.

A OSTEOPOROSE

A Osteoporose é uma doença silenciosa, que não apresenta muitos sintomas e deixa os ossos mais frágeis, o que aumenta o risco de fraturas.1 Uma simples troca de roupa, por exemplo, no ato de se curvar para colocar uma calça, pode ocasionar uma fratura e danos irreversíveis.

Mas, o que é a Osteoporose?
A Osteoporose é uma condição em que os ossos se tornam magros e perdem a força. Isso pode levar a fraturas, que causam dor e tornam as atividades diárias extremamente difíceis.2

É preciso falar sobre a Osteoporose, as dificuldades e lutas para que os pacientes mantenham sua qualidade de vida. E essa campanha de conscientização vem para reforçar que, no mundo, cerca de uma em cada três mulheres com mais de 50 anos e um em cada cinco homens sofrerão uma fratura em decorrência da osteoporose.3

A cada ano ocorrem cerca de 2,4 milhões de fraturas decorrentes da osteoporose. Porém, mesmo após uma fratura, o paciente não é encaminhado para o tratamento, o que leva a um aumento do risco de uma nova fratura.4

DIA MUNDIAL DE COMBATE À OSTEOPOROSE

Você sabia que 20 de outubro é o Dia Mundial de Combate à Osteoporose? Essa data foi criada para alertar sobre os riscos da doença. Considerada um problema de saúde pública, a Osteoporose atinge 10 milhões de brasileiros4,5 e afeta, especialmente, as mulheres na pós-menopausa e idosos.

A Osteoporose deixa os ossos mais frágeis, o que aumenta o risco de fraturas1. Por complicações após 1 ano de uma fratura de quadril, por exemplo, 40% das mulheres ficam incapazes de andar, 80% dos pacientes inaptos de exercer alguma atividade diária sozinhos e 21% vão a óbito 8.

Seja protagonista do seu futuro e converse constantemente com seu médico sobre sua saúde óssea.

Afinal, NADA PODE TE PARAR.

DIA MUNDIAL DE COMBATE À OSTEOPOROSE

Você sabia que 20 de outubro é o Dia Mundial de Combate à Osteoporose? Essa data foi criada para alertar sobre os riscos da doença. Considerada um problema de saúde pública, a Osteoporose atinge 10 milhões de brasileiros4,5 e afeta, especialmente, as mulheres na pós-menopausa e idosos, além de ter uma elevada taxa de morbimortalidade.6

E, para atender a esses pacientes, avanços tecnológicos e novas opções de tratamento não param de surgir. Por isso, é muito importante sempre conversar com seu médico sobre a saúde dos seus ossos. 

Afinal, NADA PODE TE PARAR.

FATORES DE RISCO PARA OSTEOPOROSE12:

Se você tem um ou mais desses fatores de risco listados abaixo, converse com seu médico.

Fatores de risco comuns para osteoporose que você pode mudar

Fatores de risco comuns para osteoporose que não podem ser alterados

SINTOMAS E DIAGNÓSTICO

A Osteoporose é a principal causa de fraturas na população acima de 50 anos e as fraturas7 mais comuns ocorrem na coluna, no quadril e nos pulsos.
O diagnóstico é feito por meio da realização de um exame de imagem que indica a perda de massa óssea, a densitometria óssea8.

Sintomas da Osteoporose Grave9:

Fratura

Alteração de postura (presença de ombros caídos ou de corcunda)

Perda de altura (diminuição da estatura em 2 ou 3 centímetros)

Dor intensa nas costas

O principal objetivo do tratamento da osteoporose é a prevenção das fraturas. A identificação dessa população de risco através do diagnóstico e tratamentos precoces é de fundamental importância6.

Após fratura de quadril:5

80

dos pacientes não conseguem executar atividades diárias.

40

dos pacientes ficam incapazes de andarem sozinhos

21

das pacientes morrem no 1º ano após a fratura.

OSTEOPOROSE NO BRASIL

Ainda existem muitas dúvidas em relação à doença, especialmente sobre o tratamento e prevenção. É preciso conscientizar a população sobre a seriedade da Osteoporose e o que ela pode causar.

Pacientes com Osteoporose no Brasil11

Hoje, os idosos vivem um momento único na história do Brasil, com uma longevidade nunca antes vista e, em uma fase da vida que, finalmente, a verdadeira LIBERDADE ACONTECE, a Osteoporose não pode chegar e parar com todos os planos.

A prevenção de quedas e manutenção dos movimentos é uma prioridade para os médicos. Quando a Osteoporose é diagnosticada precocemente, principalmente nas mulheres ainda jovens, é possível tratar e controlar a doença ao prevenir o risco de fraturas.

Essa campanha de conscientização quer divulgar a importância de se atentar para a Osteoporose e da prevenção de fraturas, ao reforçar como é fundamental conversar com o seu médico sobre a saúde dos ossos e, em caso confirmado da doença, conhecer as opções mais efetivas de prevenção e de tratamento, tanto farmacológicos quanto não farmacológicos6.

NADA PODE TE PARAR

Compartilhe essa mensagem e ajude na conscientização sobre a Osteoporose
Converse com seu médico sobre a sua saúde óssea

1. Lorentzon M, Cummings SR. Osteoporosis: the evolution of a diagnosis. J Intern Med. 2015 Jun;277(6):650-61.
2. ABOOM. Dia mundial da osteoporose. Disponível em: ” www.aboom.com.br/dia-mundial-osteoporose”. Acessado em 03/11/2018.
3. Sözen T, Özışık L, Başaran NÇ. An overview and management of osteoporosis. Eur J Rheumatol. 2017 Mar;4(1):46-56.
4. Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia – SBEM. 10 coisas que você precisa saber sobre osteoporose. Disponível em: ” www.endocrino.org.br/10-coisas-que-voce-precisa-saber-sobre-osteoporose ” Acessado em: 10/05/2018.
5. Cruz AS, Lins HC, Medeiros RVA et. al. Artificial intelligence on the identification of risk groups for osteoporosis, a general review. Biomed Eng Online. 2018 Jan 29;17(1):12.
6. Radominski SC, Bernardo W, Paula AP, et al. Diretrizes brasileiras para o diagnóstico e tratamento da osteoporose em mulheres na pós-menopausa. Rev Bras Reumatol. 2017;57(Suppl 2):452-466.
7. Cooper C, Cole ZA, Holroyd CR, et al. Secular trends in the incidence of hip and other osteoporotic fractures. Osteoporos Int. 2011;22(5):1277–1288.
8. Sedicias S. Entenda o que é Osteoporose e suas Causas. 2018. Disponível em: ” www.tuasaude.com/osteoporose “. Acessado em: 10/01/2019.
9. International Osteoporosis Foundation – IOF. What is Osteoporosis. Disponível em: ” www.iofbonehealth.org/what-is-osteoporosis “. Acessado em: 04/12/2018.
10. G1, Outubro 2019.  Disponível em: https://g1.globo.com/bemestar/blog/longevidade-modo-de-usar/post/2019/10/24/pesquisa-mostra-que-brasileiras-desconhecem-risco-de-fraturas-causadas-pela-osteoporose.ghtml”. Acessado em: 05/10/2020.
11. Saúde Abril, 2020. Revista Brasileira de Reumatologia, 2004.
12. Verificação de Risco de Osteoporose. Disponível em https://riskcheck.osteoporosis.foundation/pt-br. Acessado em 22.10.2020.
Uma campanha
©Amgen 2020. Todos os direitos reservados.
CNPJ 18.774.815/0001-93
PR-EVE-BRA-000014-10-2020
Material Informativo
Políticas de Privacidade | Termos de Uso